O Frei Petrônio de Miranda, Carmelita, Delegado Provincial da Ordem Terceira do Carmo, deixa uma mensagem para os devotos da Mãe dos Carmelitas neste dia 16. Convento do Carmo da Lapa, Rio de Janeiro. 16 de julho-2017.

Por Frei Petrônio de Miranda, Padre e Jornalista Carmelita.

 

Deus disse: “Faça-se a luz”. (Gên 1,3). 

Nós dizemos: Que venha a treva do ódio e da guerra.

Deus disse a Noé: Constrói uma arca contra o dilúvio. (Gênesis 6: 13, 14).

Nós dizemos: Destruamos a natureza e vamos lucrar.

Pedro disse: “Para onde iremos Senhor? Só tu tens palavra de vida eterna”. (João 6, 68).

Nós dizemos: Existem vários caminhos, várias opções, o importante é gozar a vida. 

Será a nossa palavra de vida ou de morte?.  

 

Deus disse a Moisés: Eu ouvi o clamor do meu povo e desci para salvar (Ex 3,7-8)

Nós dizemos: Vamos explorar e escravizar os migrantes, os negros e os índios.

Deus disse a Elias: Pegue o caminho de volta (1º Reis, 19, 15).

Nós dizemos: É melhor cruzar os braços diante das dificuldades da vida.

Paulo disse: “O amor é paciente, tudo suporta, não tem inveja, não guarda rancor e não se irrita”. (1 Coríntios 13)

Nós dizemos: O amor tem prazo de validade, tem marca, tem preço, tem cor e tem etnia.

Será a nossa palavra de vida ou de morte? 

 

Deus disse ao seu povo: Não tenha medo, pois estou com você (Isaias 41, 10).

Nós dizemos: A falta de fé e a depressão me consomem dia e noite.

Deus disse a Jacó: “Todas as famílias da terra serão abençoadas por meio de ti”. (Gênesis 28,14)

Nós dizemos: Sinto-me sozinho, Deus não me escuta... Deus não existe. 

O Anjo disse: “Não tenhas medo José”. (Mt 1, 20).

Nós dizemos: Esta cidade me assusta, as pessoas me assustam, tenho medo do medo.

Será a nossa palavra de vida ou de morte? 

 

Deus disse a Abraão: Sai da tua terra e vai (Gênesis 12:1-5)

Nós dizemos: Nada vai dar certo, prefiro ficar aqui.

Deus disse a Samuel: Eu vejo o homem não pela aparência, mas pelo coração.

(1º Samuel 16, 7)

Nós dizemos: O que importa é a cor, a classe social e a conta bancária.

JÓ Disse: “Nu eu saí do ventre de minha mãe e nu para lá eu voltarei”. (JÓ 1, 21).

Nós dizemos: Ano bom é com muito dinheiro no bolso, prestígio e lucratividade.

Será a nossa palavra de vida ou de morte? 

 

Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida”. (João 11, 25).

Nós dizemos: O mundo não tem jeito, tudo está perdido!

Que as nossas palavras sejam geradoras de vida...

O Frei Petrônio de Miranda, Padre Carmelita e Jornalista/RJ, nesta segunda-feira, 3 de julho de 2017, fala sobre a devoção a Nossa Senhora do Carmo: Doutrina e devoção-um breve histórico. Para interagir ao vivo no FACEBOOK LIVE, adicione a página do Frei do Face: www.facebook.com/olharjornalistico Convento do Carmo da Lapa, Rio de Janeiro. 3 de julho-2017.

Na Festa de São Pedro e São Paulo-Dia do Papa- veja o vídeo-homilia do Frei Petrônio de Miranda, Carmelita, celebração eucarística de entrada dos irmãos e irmãs da Venerável Ordem Terceira do Carmo de São João del Rei-MG. A Missa foi celebrada por Frei Petrônio de Miranda, O. Carm. Delegado Provincial para Ordem Terceira do Carmo. São João del Rei-MG. 1º de julho-2017.

O Frei Petrônio de Miranda, Padre Carmelita e Jornalista/RJ, fala sobre a Igreja: Missão, Espiritualidade e objetivos a partir da Constituição Dogmática sobre a Igreja e do Catecismo. Convento do Carmo da Lapa, Rio de Janeiro. 26 de junho-2017. DIVULGAÇÃO: www.olharjornalistico.com.br

O Frei Petrônio de Miranda, Padre Carmelita e Jornalista, direto do Convento do Carmo da Lapa, Rio de Janeiro, reza as Laudes - Oração da manhã da Liturgia das horas, nesta terça-feira, 27.  Convento do Carmo da Lapa, Rio de Janeiro. 27 de junho-2017. DIVULGAÇÃO: www.olharjornalistico.com.br